Gente nossa

Profissional diferenciado que nos orgulha

O canteiro de obras é desde cedo um local íntimo para esse homem, que não teme desafios e tem grandes ambições quando se fala em seu crescimento profissional. Demorou um pouco, mas enfim temos nesta página este caiçara nato, trabalhador, digno de ser Gente Nossa da Revista Casa Praia.

Recém-formado em engenharia civil, Fábio Afonso Ferreira Neto é o proprietário da Global Terraplenagem, empresa especializada na construção civil, locação de máquinas e caçambas; além da própria terraplenagem.

Atuar nesta área é algo que vem de berço. “Desde muito cedo estive envolvido com o canteiro de obras, trabalhando com meu pai em uma fábrica de blocos. Depois de certo tempo trabalhei em grandes obras de terraplenagem nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais”, contou Fábio.

Segundo o engenheiro a escolha da profissão ocorreu em meados de 2007, quando as obras estavam em pleno vapor pelo país, com grande demanda de trabalho. “Como eu já estava envolvido no meio, vi ali uma oportunidade”, revelou.

A Global Terraplenagem surgiu após Fabio trabalhar fora de Caraguatatuba, com terraplenagem, foi quando adquiriu know-how na área e decidiu empreender, abrindo a própria empresa em sua cidade, contribuindo com o desenvolvimento da região.

Ciente da importância de sempre evoluir, optou em fazer engenharia para se capacitar, adquirindo mais conhecimento para oferecer um atendimento ainda melhor aos seus clientes. De acordo com ele, há interesse de seguir estudando.

“Tenho planos para o futuro de solidificar a empresa não só em Caraguatatuba, mas também em outras cidades e até mesmo em outros estados, por isso a origem do nome Global”.

Um empreendedor diferenciado, que visa sempre melhorias para a sua empresa. “Para mim, um bom profissional é contratado para resolver problemas e superar desafios. É isso o que eu mais prezo em todas as minhas obras, filtrar ao máximo todo tipo de problema que o meu trabalho possa gerar para o meu cliente e me dedicar ao máximo para entregar um trabalho acima daquilo que ele espera”, comentou Fabio, que opinou sobre o que espera para a nossa região.

“Vejo o litoral norte como uma região promissora e cheia de oportunidades. Não a considero apenas como uma região litorânea, que sobrevive apenas da temporada, precisamos cada vez mais de pessoas qualificadas para atender as demandas exigidas pelo rápido crescimento que estamos vivendo”, concluiu.