Matérias

É hora de reforma!
Ainda dá tempo de procurar um profissional e começar o ano de casa nova!

Por Cléverton Santana

 

A chegada de um novo ano pede aquela repaginada nos ambientes. Moradores e veranistas buscam nas casas de praia um lugar de paz e tranquilidade para fugir da rotina. Reformar a casa no final do ano renova o astral, além de atrair boas energias para o ano que se aproxima.

É possível fazer simples reformas que não pesam no bolso e dispensam quebra-quebra. Fazer pequenas mudanças ou incluir itens de decoração já deixam a casa com uma nova cara. A arquiteta Aline Analha, do escritório Analha Arquitetura, separou algumas dicas para quem quer começar uma reforma sem dor de cabeça.

 

Busque um profissional

 

Com a ajuda de um profissional, você terá todo suporte na escolha dos tons, texturas, revestimentos, fornecedores, mão de obra e assim, obter um lindo projeto arquitetônico. “Pinte as paredes, transforme os móveis, troque os revestimentos dos pisos, louças e metais, isso pode ser o ponta pé inicial para uma reforma com mais planejamento no futuro”, conta a arquiteta. 

Escolha as cores certas

Mudar a cor das paredes é uma maneira de conseguir um visual repaginado em pouco tempo. As cores são como um antídoto para o que estamos vivendo. O amarelo atua como energia natural e relaxante; marrons amadeirados trazem conexão com a terra; azuis remetem ao equilíbrio, cinzas são inspirados na cura do carvão; vermelhos e terrosos nos remetem ao solo e rosas e lilases nos deixam felizes, sendo cores agradáveis, como um pôr do sol.

 

Por onde começar?


A fachada é o destaque de toda casa. Um design fino e aconchegante faz toda a diferença, ela identifica a personalidade do morador. Uma cozinha integrada com ilha amplia o ambiente e valoriza a convivência dentro de casa. A área gourmet com um design diferenciado é o espaço ideal para receber amigos, já a área de lazer com um lindo paisagismo é encantadora. “Uma dica para deixar uma casa de praia charmosa é apostar em materiais naturais, como madeira, bambu, palha e pedras. Aproveite a transparência dos vidros, para aproveitar a vista em meio a natureza”, revela a arquiteta.

Cuidados específicos

Uma casa na praia corre mais risco de sofrer com ações da maresia, areia, umidade e a incidência de luz solar. Para a arquiteta, a dica é investir em materiais especiais, que não acumulam ferrugem, pisos com proteção antimanchas e riscos, telhas que garantam o conforto térmico, tintas acrílicas e antimofo, aplicar impermeabilizantes e favorecer a ventilação do ambiente.